Série Capitão Worf precisa ajuda

Dorn pede ajuda dos fãs para a série Capitão Worf

 .

worfMuito tem sido discutido a respeito de Jornada retornar a TV. Bryan Fuller, Jonathan Frakes, Ronald Moore e Bryan Singer já se manifestaram favoráveis a uma nova série. E ao que parece, eles não são os únicos com esse sonho. Michael Dorn também está tomando iniciativa para reprisar seu papel em um spinoff criado por ele e provisoriamente intitulado Star Trek: Captain Worf. Na última convenção, Dorn falou sobre esse projeto, explicando o que os fãs podem fazer para ajudar.

Dorn desempenhou o papel de Worf por 11 anos na televisão em A Nova Geração e Deep Space Nine. Os rumores e relatos sobre um possível spinoff com o personagem Worf começaram a circular no início do ano passado.

“Eu vim com essa ideia, porque eu amo Worf e acho que ele é um personagem que não foi completamente desenvolvido e não foi plenamente realizado. Depois que eu comecei a pensar sobre isso, tornou-se óbvio para mim que eu queria, pelo menos, colocá-lo lá fora. A resposta tem sido incrível”, disse Dorn em 2013, quando anunciou sua intenção de fazer uma série.

Apesar de toda a sua animação com este projeto, Dorn admitiu que há certamente alguns obstáculos a superar antes que ele possa seguir em frente.
“Além disso, há toda a coisa política acontecendo com os novos filmes, com J.J. Abrams e a Paramount, que eu não tenho ideia sobre o que está acontecendo”.

“O roteiro que eu escrevi está feito e eu estou no processo de finalizá-lo e enviá-lo para as pessoas que eu confio, que se preocupam, que são muito inteligentes … e podem me dizer o que pensam sobre isso; a estrutura da película”, disse na época do anúncio.

“Mas se você olhar para os novos filmes e olhar para a nossa série … verá que é muito sobre a moral, da condição humana, ir lá fora no espaço e descobrir o que ele faz para nós”, disse Dorn, que alegou que filmes modernos tem menos conversa e mais ação. “O roteiro que eu escrevi possui um bom equilíbrio. Há ação”.

Até o momento, não houve um interesse real do estúdio pela série de Worf, apesar de ter sido colocada em espera por causa de Além da Escuridão: “No ano passado, nós conversamos com algumas pessoas na CBS. Não os executivos que tomam as decisões, mas conversamos com alguns executivos e estamos fazendo algum progresso”.

Apesar do desinteresse aparente do estúdio, Dorn não desistiu e pensa que uma série “Capitão Worf” ainda pode acontecer. “Eu sou um eterno otimista sobre isso”, disse ele. “Porque eu tenho visto coisas como esta, acontecerem antes do ‘sim’, quando eles dizem ‘não’, mas isso não significa que está morto. Eu acho que se a CBS olhar para esse material e ouvir o suficiente dos fãs; eles irão olhar para a série com mais carinho”.

Dorn revelou um pouco sobre os detalhes de sua série. “Seria em uma nave Klingon”, disse o ator, acrescentando que, da mesma forma que a Enterprise foi a casa de um Klingon, esta nave incluiria tripulantes humanos a bordo, “Worf estaria tentando encontrar seu lugar no universo”.

Durante um bate papo recente na Convenção Star Trek em Las Vegas, Dorn voltou a falar sobre o assunto, “Há sempre espaço para Jornada na televisão”, comentou, mas lamentou que, apesar da ideia ter sido proposta, nada aconteceu. Spiner brincou que Dorn tem uma cadeira de capitão em sua casa e ele se senta nela praticando e dizendo “vamos ver o que está lá fora”. Dorn, por fim, sugeriu uma campanha de cartas, onde CBS vê um volume de cartas e interesse dos fãs de uma forma que as campanhas por e-mail não podem fazer. “Isso realmente deveria ter uma verdadeira campanha de cartas”, disse ele. “Eu não acho que possa haver um Kickstarter (campanha de doações) ou uma dessas coisas. Eu não quero fazer isso. Eu acho que tem que ser um movimento de base que seja tão grande que simplesmente não possa ser ignorado. E alguém pode chegar e dizer ‘… eu vou fazer isso”.

No final de Deep Space Nine, Worf tornou-se embaixador da Federação na terra natal Klingon, Qo’noS. Já no prequel em quadrinhos do filme de J.J. Abrams, Worf aparece como um general Klingon do Império, travando uma luta contra o capitão romulano Nero. Worf sofre ferimentos potencialmente fatais durante o encontro, mas foi indicado que ele ainda estaria vivo.

Vale lembrar que, após o filme de 1991, Star Trek VI: A Terra Desconhecida, George Takei foi atrás de uma campanha para que a Paramount concordasse em fazer uma série “Excelsior” do Capitão Sulu.

Naquela época, o ator deixou claro que ele estava pronto para trazer o capitão. O fã clube Federação Internacional de Trekkers (IFT) juntou-se a causa e incentivou os fãs a mostrarem seu apoio a série, escrevendo cartas a Paramount. A campanha contou com a ajuda de antigos fãs, como Bjo Trimble (organizador da campanha de cartas de 1968 que levou a uma terceira temporada da série original). Apesar de todo o esforço, não houve interesse do estúdio pela série.

Fontes: TrekToday – Trek Movie – TrekBrasilis (TB)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s