Bryan Burk fala em novo filme da franquia Star Trek

Bryan Burk fala sobre terceiro filme

por Ralph Pinheiro | março 11, 2013
.

Bryan Burk jj abramsDigital Spy, após assistir a 30 minutos de Além da Escuridão no cinema IMAX Waterloo, em Londres esta semana, conseguiu conversar com o co-produtor Bryan Burk, que falou sobre o filme no formato 3-D e a possibilidade de termos uma terceira sequência de Jornada no 50º aniversário da franquia.

É notório que a Bad Robot gosta de manter as coisas em segredo – o que levou você a revelar mais sobre Além da Escuridão?

Burk: “A única coisa que estamos perpetuamente passando cada vez que lançamos um filme é o estúdio dizendo: ‘Você tem que ter material para mostrar!’ Nós respondemos algo como, ‘Não, vamos dar uma segurada!” Nós gostamos da idéia de manter segredos não por qualquer outra razão mas para manter a experiência de ir ao cinema e não ter visto nada antes disso.”

“Neste caso, achamos que as pessoas já tinham visto os primeiros nove minutos e poderíamos mostrar a conclusão desta seqüência. Imaginamos que se formos mais além vai dar às pessoas tempo para ficarem emocionalmente ligadas na história e nos personagens. Queremos que este seja um filme que ninguém possa saber (antes do cinema). Ele não é realmente uma continuação,  é sua própria história.”

Você mantém um olho na reação online, quando você revela um trailer ou algo grande do filme?

Burk: “Sim é a resposta. É engraçado porque quando fizemos Lost, nós apenas gravitaríamos em torno de coisas que as pessoas não gostaram ou coisas que se sentiram confusas. Mesmo quando conversamos com J.J., ele pergunta: ‘O que não gostaram?” Ele não está à procura de afirmação, ele está vendo se as pessoas não estão gostando de algo. Sentimo-nos animados com Além da Escuridão, nós definitivamente sentimos que este é melhor do que o último.”

Que tipo de desafios se fizeram presentes em IMAX e 3D ao fazerem este filme?

Burk: “Eles são ao mesmo tempo desafiadores. IMAX é um formato maravilhoso no sentido de que é uma imagem absurdamente clara. Assim poucos filmes tem filmado com ele. Chris Nolan fez com The Dark Knight e The Dark Knight Rises. Nós fizemos isso com Missão Impossível – Protocolo Fantasma e eu acredito que um dosTransformers teve partes em IMAX. Há uma razão por tão poucos filmes filmarem assim, as câmeras são grandes, velhas e volumosas. Elas são barulhentas.”

“Estamos fazendo uma série de TV (Person of Interest) com o irmão de Chris Nolan, Jonah Nolan. Ele nos disse com entusiasmo que tinham destruído uma das câmeras por acidente. Continuamos pensando que, se eles podem destruir todas as câmeras, então vão forçar a IMAX a fazer câmeras melhores!”

“O 3D é apenas um formato interessante, você percebe as limitações de fotografar com câmeras 3D, você percebe o processo trabalhoso que leva para terminar o filme. Especialmente se você não quer apenas fazer em 3D na pós e torná-la realmente uma experiência . Isso dá uma tremenda quantidade de mão de obra e com grandes artistas.”

Parece que você está sendo bastante ambicioso e agressivo com o uso de 3D?

Burk: “Bem, Avatar foi uma coisa diferente porque era um mundo que estava sendo criado. O que nós queríamos é, se vamos fazer 3D, que o material  salte da tela e vá além disso. Queremos que as pessoas saiam dizendo: – “Bem, eu tive retorno do que gastei”. Este filme é uma montanha-russa por isso estamos realmente tentando ultrapassar os limites.”

Você criou uma nova linha de tempo com Star Trek, em 2009, haverá mais referências para a série original e dos filmes para os fãs?

Burk: “Sim, uma das coisas é que o filme será sempre para os fãs de Jornada. No processo de todos os cinco produtores que trabalham em conjunto, Roberto Orci e Damon Lindelof, de forma um pouco menor, são Trekkies fanáticos. Eles entendem o mundo, de modo que tivemos longas conversas onde eles colocariam as coisas e ficavam rindo histericamente, que eu não tinha idéia do por que eles estavam rindo! Existem toneladas de referências e pistas.”

Dado que o Gene Roddenberry estreou a série em 1966 e estamos próximos da grande celebração de 50 anos de aniversário – a Paramount tem estado falando com vocês sobre como fazer o próximo filme de Star Trek numa data de lançamento para 2016 ?

“Nós definitivamente estamos falando sobre o próximo, mas nós não falamos sobre uma data de lançamento. Nós não queremos esperar quatro anos, a mesma quantidade de tempo entre o último e este, mas vai ser um grande ano para comemorar, eu espero.”

Então, a Bad Robot ainda será capaz de equilibrar o trabalho em ambos Star Trek e Star Wars?

Burk: “Sim. Obviamente eles são universos completamente diferentes, são filmes completamente diferentes. A única coisa em comum é a palavra “Estrelas”, é por isso que nós vamos fazer o filme de Ringo Starr também. Vamos encurralar o mercado! ”

E a refilmagem de Starman?

Burk: “Sim, Starman vamos fazer, Star 80!”

Você está perto de anunciar o elenco para o Episódio 7 de Star Wars? George Lucas disse que Mark Hamill, Harrison Ford e Carrie Fisher estarão todos de volta …

“Nós estamos muito recentes para o processo. Temos estado no filme apenas algumas semanas. O script ainda sendo trabalhado com os escritores e Kathleen Kennedy, que é uma pessoa genial. É difícil para eu comentar alguma coisa. Estamos ainda descobrindo as coisas.”

Fonte: TrekWeb – TB

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s