Resumo de Countdown to Darkness # 1

Resumo de Countdown to Darkness # 1

por Ralph Pinheiro | janeiro 24, 2013
 .

enterprise-cropA contagem regressiva para o filme Além da Escuridãocomeça este mês com a minissérie em quadrinhos Star Trek Countdown to Darkness. A IDW Publishing lançou o primeiro capítulo de quatro partes deste prequel. Você verá a tripulação da Enterprise nos eventos que antecedem ao longametragem. A seguir apresentamos um resumo dessa nova aventura.

A história foi criada por Roberto Orci e escrita por Mike Johnson, com arte de David Messina.

Meses se passam após o final de Star Trek, onde a tripulação da Enterprise derrotou o romulano Nero. Agora eles estão em missão pelo espaço profundo, explorando novos mundos e civilizações.

Mas problemas pessoais ainda assombram nossos personagens. Spock encontra-se atormentado por pesadelos da morte de sua mãe e da destruição de Vulcano. Já Kirk em seu quarto queixa-se de sua solidão no comando, no qual tem apenas o computador da nave como companhia.

Uhura chega ao quarto de Spock e se preocupa com seus constantes pesadelos, mas ele se esforça para ter suas emoções sob controle, mantendo um tom de distanciamento. Uhura parece estar sofrendo com essa situação.

uhura spock-crop

Kirk e Spock chegam na ponte antes do término de suas folgas para uma missão de rotina, monitorar a evolução de uma sociedade pré-industrial no planeta de anéis, Phaedus. Spock descreve Phaedus como um planeta classe-M, com uma civilização de 30 milhões de habitantes não humanos e equivalente ao Império Romano da Terra. A última nave da Federação esteve ali há 05 anos.

Num diálogo leve e divertido, Kirk sugere explorar a superfície do planeta para “esticar as pernas”, mas encontra um cauteloso Spock que cita a Primeira Diretriz e outros regulamentos da Frota, recomendando ao capitão para “esticar as pernas na sala de recreação dos oficiais”. Kirk toma isso como uma gozação Vulcana.

Fazendo a leitura e scaneamento do planeta, Chekov detecta um campo de energia de alta frequência, emanando da superfície, que está causando interferência nas comunicações e Scott acrescenta que isso está dificultando o uso do teletransporte.

Essa é a deixa para Kirk tornar irrelevante a Primeira Diretriz. Spock alerta sobre a impossibilidade de comunicação, o que impediria um possível salvamento, em caso de problemas. Mas Kirk o convence de que a situação requer uma investigação mais profunda. Então a dupla, juntamente com Sulu e Hendorff seguem numa nave auxiliar para desvendar o mistério.

nave danificada-crop

Durante descida ao local da fonte, são surpreendidos por um ataque com armas de energia. A nave fica bastante danificada, caindo em seguida.

Sulu machuca-se seriamente e Kirk e Spock decidem fazer reconhecimento da área.

nativos-crop

De repente são cercados por centenas de nativos. Os moradores parecem possuir armas de tecnologia muito mais avançada do que deveriam ter. Spock identifica um antigo tricorder da Frota nas mãos de um deles, contendo um comunicador universal.

Aproveitando que o nativo parece saber usar o comunicador, Kirk exige respostas sobre a origem de suas armas.

Nesse momento, aparece um humano que se identifica como Robert April, um ex-capitão de uma nave chamada Enterprise, que diz ter sido ele quem forneceu as armas e o tricorder.

Aguardem pela continuação dessa história, através de sua 2ª edição, que sairá em fevereiro.

Fonte: TB

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s