Roteiristas e Star Trek 2

Roteiristas informam sobre progresso de Star Trek 2

Ralph Pinheiro |  junho 14, 2011
 

Após o produtor Nick Meyer bater um papo no LA Times Hero Complex Film Fest, agora foi a vez de Roberto Orci, Alex Kurtzman e Damon Lindelof falarem por quarenta minutos sobre o longametragem Star Trek e sua continuação. Eles deram uma atualização sobre o roteiro do novo filme e algumas dicas do que vem por aí. 

A noite no LA Times Hero Complex foi uma sessão dupla com os filmes Star Trek: II A Ira de Khan e Star Trek. Para o filme de J. J. Abrams havia um painel com co-roteiristas Roberto Orci e Alex Kurtzman, juntamente com o produtor Damon Lindelof. O grupo falou primeiramente sobre a admiração pelo A Ira de Khan e Nick Meyer e depois o assunto passou a ser o novo filme da franquia, onde deram alguns informes. A seguir destacamos alguns pontos mais importantes.

O painel começou com uma pergunta sobre o status do script. Lindelof e Orci deram uma rápida atualização sobre o que foi recentemente descrito como um “esboço de 70 páginas”, que parece ter crescido nas últimas semanas.

Lindelof: “A partir de agora existe uma quantidade de 75 ou 80 e meia páginas do script / metade … eu não sei o que é …”

Orci: “Está num estado de fluxo quântico”

 De acordo com a equipe criativa, como Super 8 já está nos cinemas, eles podem começar a voltar todas as suas baterias para a sequência de Jornada.

Lindelof: ”A nossa atitude para a sequência ser bem sucedida é que temos de formar o grupo (de produção) novamente. Então, ficamos meio que na espera e agora é o momento está sobre nós, onde J.J. terminou Super 8.”

Orci: ”Pequenos projetos paralelos de J.J. e Bryan (Burk) já passaram e agora podemos ter suas atenções”.

Os arcos de personagens, segundo a equipe, vão ter importância para a continuidade da história. Orci deu alguma dica de como se comportarão Spock e Kirk no novo filme.

Orci: Primeiro foi sobre Spock ser muito emocional. Bem, ele é mais jovem e Kirk, ele não é um rato de biblioteca que realmente entenda da cadeia de comando. Bem, ele não está completamente lá ainda. Assim, você pode chegar mais perto do que sabe. Isso tudo refere-se a ganhar o que você sabe e aprender que quando os vemos agora, eles têm estado através das aventuras, mas não conhecem uns aos outros também. Há ainda a descoberta, mas há também mais familiaridade. Assim, como no primeiro filme, vai ser como Jornada, mas também traçar um novo terreno.

Ao falar sobre os paralelos entre o terrorismo moderno e Nero em Star Trek, Damon Lindelof, pareceu sugerir que o impacto da destruição de Vulcano vai levar a uma seqüência.

“Nós muitas vezes nos referimos a destruição de Vulcano como do momento em 11 de setembro com Jornada. Tinha de ser um evento que fosse tão significativo que permitesse mudar o universo de Jornada, não apenas para os efeitos do primeiro filme, mas seguindo em frente. A idéia de dizer, se você fez algo enorme, qual seria o efeito na propagação externa?”

Lindelof também falou sobre como sua abordagem não é apenas de fazer um remake.

“Nós amamos Jornada também, mas queremos também traçar nossa própria trilha aqui. A idéia de apenas um tipo de tocar cover de músicas e clássicos de novo – sentimos que tem que haver um pouco disso, mas tem que haver um monte de música original definida para ser digna do seu tempo e atenção. Você não quer ver um remake, quer ver um novo filme.”

Mais destaques:

• Nos últimos dois anos Orci voltou a reassistir cada episódio de Jornada original, além de ler alguns livros de Jornada ele tinha perdido;
• Lindelof também revisou os episódios anteriores de Jornada para ver “se há coisa que possa roubar”;
• Não disseram que elementos clássicos de Jornada virão para a sequência, mas confirmaram que não estariam usando o “Spock’s Brain” ou o Universo Espelho.

Lindelof e Orci falaram sobre a decisão inicial de usar a viagem no tempo para permitir-lhes fazer de Jornada tanto uma história original quanto uma seqüência para tudo o que veio antes.

“Essa foi a única maneira de fazê-lo funcionar, porque como dissemos, não podemos ficar amarrados pelo incrível cânon de Jornada, porque o Chekov sabendo da  coisa do Khan (erro de continuidade de Star Trek II) teria sido apenas a ponta do iceberg. Iria também nos incapacitar de uma maneira que, se você assisti ao filme sabe que ninguém poderá morrer e nada de ruim poderá acontecer a qualquer um, porque têm que crescer e continuar as aventuras que vi deles. E nós também não queremos repassar essas aventuras, porque todo mundo sabe os resultados.”

Orci: “Nós também não queremos apagar o que veio antes, então é por isso que decidimos pelo tipo de curso de atualização no tempo. Não são as regras do filme Back to the Future. São as regras das teorias mais modernas, de criar um universo alternativo. Isso explica porque alguns dos personagens fazem o que fazem. Spock não tenta consertar a linha do tempo porque não existe tal coisa como a fixação da linha de tempo, eles estão apenas em um universo novo que está indo por conta própria. Que havia sido feito algumas das séries anteriores, mas não nos filmes.”

Lindelof: “No caso da física e da ciência e da ficção científica, nós tínhamos uma regra de continuarmos voltando no tempo mas que “nossas mulheres precisassem entender este filme.”

Mais sobre Star Trek.

• Muito debate na equipe sobre a destruição de Vulcano, eles disseram que não fizeram isto só para mostrar que “é a nossa Jornada agora.”;
• Eles atribuíram a um fundamento de Abrams para convencer Leonard Nimoy para sair ou se aposentar. Também eles têm orgulho de fazer Nimoy chorar durante o primeiro encontro;
• A grande diferença observada pelça equipe foi o modo como Zachary Quinto fez lobby para o papel de Spock, enquanto que Chris Pine foi convincente no seu teste e assumindo o papel de Kirk;
• Um dos critérios para Star Trek foi o filme Superman: The Movie de Richard Donner, especialmente a história original extendida no início do filme;
• Lindelof disse acreditar que a chave para Jornada é ”a enorme emoção”, amizade e Star Trek foi realmente uma história de amor entre Kirk e Spock;
• Quando perguntado por um favorito vilão da franquia. Orci e Kurtzman disseram Khan, Lindelof votou nos Borgs.

Fonte: TrekMovie / TB

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s